2 - DSCF0786

Terça-feira— 3 de agosto

Noite

— O namorado do papai ronca!!

— Não está meio exagerando, filho?

— Mãe!! O Ademar ronca muito!!! É sinistro, mãe!!!

— Dante!?!?

— Mãe … calma aí … todo mundo aqui do prédio reclama …

— E aí?

— Aí nada!! Papai encheu as paredes de cortiça …

— Funcionou?

— Que nada … o ronco vaza …

— Sei …

— Sabe nada … parece a caverna do dragão!!!

— Num tá meio demais?

— Muito demais … foi a sacolada que o Timão enfiou na porcada. Com três golaços do Joair Feiticeiro

— Não foi?? Vi no youtube … jogão …

— Jogaço!!! …

Dante acha engraçado conversar com a mãe pelo skype.

É o primeiro mês que ela está em Milão. Fará o mestrado em Moda ou consultoria, ele nunca sabe bem.

Sabe que são seis meses no Brasil, seis meses lá. Chamam de “bolsa sanduiche” Voltará em fevereiro ou janeiro … não sabe

Trocou São Paulo, capital, por Procópio, interior.

Em uma noite bateu uma saudade e até chorou, baixinho, com a cabeça coberta. Não queria que o pai ficasse chateado.

Sempre quis morar com o pai. Sonho de filho quando a mãe dá bronca.

Mas São Paulo, na casa da mãe, era muito melhor, mas divertido, muito mais legal.

Sabia que era por pouco tempo, mas nunca tinha sentido tanta saudade da mãe.

No Aeroporto, um mês atrás, ele se fez de forte, porém morria de medo.

Medo da cidade.

Medo do avião da mãe cair.

Medo dela nunca mais voltar.

Medo da vida com o pai.

Medo da vida longe da mãe.

Medo do homem alto que tinha um olhar estranho.

Medo.

Com a mãe embarcada, foram de taxi até a rodoviária. Heitor, o pai, como sempre, antes de comprar as passagens, foi até a banca de jornal e comprou revistas para os dois. Dante escolheu dois mangás “da hora”!

Embarcaram às 11hs, hora do jogo do Brasil contra a Holanda.

Ouviram o jogo pelo rádio do celular. Dividiram o fone.

Pularam com o gol do Robinho.

Ficaram tristes com o gol do holandês.

Dante queria trucidar o Felipe Melo.

Decidiu nunca mais torcer pelo Brasil depois do segundo gol.

Heitor ficou ouvindo músicas e Dante leu as revistas.

Perfil em uma rede social

Dante Neves

Data de nascimento: 26.11.

Cidade Atual: Procópio

Cidade Natal: São Paulo

Gênero: Masculino

Sobre mim: Estou morando com o meu pai em Procópio.

O que emociona: Meu Timão: Corinthians

Ídolo ou ídolos: Falcão (fusal), Ronaldinho Gaúcho e Joair, o feiticeiro.

O que gostaria de dizer: Campeão mundial de futebol pela seleção e pelo Timão.

O que mais? Quero ser jogar de futebol do Timão

Atividades e interesses: Futebol, Futsal, Futebol de botão e futebol de areia

Uma frase: “Aqui tem um bando de louco!!”

Por que está aqui e não está lá: Minha mãe está estudando fora. Tenho que morar algum tempo com o meu pai.

Informações de contato: www.dantefutebol.wordpress.com

 

Dante assiste sozinho o DVD do Iluminado. Viveu a tensão toda. Subiu no sofá. Afirma que irá ler um livro do Stephen King

Anúncios

3 comentários sobre “CAPÍTULO I

Por gentileza: escreva o seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s